Fato Verdade

Camaçarienses que inspiram: Eliete Faustina

Camaçarienses que inspiram: Eliete Faustina

Aos 12 anos, quando começou a gostar de costurar, Eliete Faustina não imaginava que, anos depois, o hobby mudaria não só a vida dela, como a vida de diversas mulheres. Atualmente, com 64 anos, ela é diretora da Creche Comunitária Esperança da Estiva, em Buris de Abrantes, costa de Camaçari, que atende 120 crianças e onde é desenvolvida oficina de costura para moradoras da comunidade.

A história de Eliete com a costura teve início por influência da tia. “Ajudava ela fazendo pequenos serviços, como bainhas. Depois, comecei a fazer minhas próprias roupas”, relembra Eliete, que é natural da cidade de Nazaré das Farinhas (BA). Apesar de estar sempre em sua vida, a arte de coser não se transformou em profissão. “Por muitos anos, trabalhei como secretária”, contou.

O ponto que tornou a relação de Eliete com a costura parte de seu ofício está intimamente ligada a sua mudança para Camaçari, em 2004. “Eu vim na casa de uma amiga pegar alguns retalhos para uma encomenda de roupas de boneca e gostei do local. Também por algumas necessidades, resolvi morar aqui em Buris de Abrantes. A cidade me recebeu de braços abertos”, relatou.

Em 2005, Eliete recebeu um convite, feito pela fundadora da creche, Ana Meireles, para ser voluntária do espaço e ensinar mulheres a bordar. Após a primeira experiência, ela foi chamada para assumir turmas de costura, ensinando o ofício às mães das crianças atendidas pela instituição. Por conta da nova responsabilidade, ela resolveu se graduar e, aos 55 anos, se formou em Pedagogia.

Para ela, o ensino da costura é uma forma de qualificar e dar perspectivas de melhoria de vida para as alunas. “Mesmo as que não vão se tornar costureiras, em um momento de necessidade, colocando uma plaquinha na porta de casa e fazendo pequenos serviços, já terão o dinheiro para comprar o pão, por exemplo”, destacou.

Atualmente, o curso conta com 40 alunas, sendo 20 no turno matutino e 20 no vespertino, e dentre as atividades, realiza o reaproveitamento de fardamentos para a confecção de diversos objetos, como bolsas, bonés e necessaires, que são vendidos e a renda utilizada para ajudar na manutenção da creche. A ideia, é que a partir das oficinas, seja formada uma cooperativa, o que deve transformar a vida de ainda mais mulheres da comunidade.

Camaçarienses que inspiram é uma série especial criada em comemoração aos 263 anos de Camaçari, que segue até o final de setembro. Ao longo dela, serão produzidos textos com um pouco da história de cidadãos que são verdadeiras riquezas humanas, cujo valor para o município reflete-se em seus feitos e histórias. Eliete Faustina é a terceira personalidade retratada pelo projeto.

administrator

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *