Centro Intermediário de Enfrentamento ao Coronavírus entra em funcionamento

Centro Intermediário de Enfrentamento ao Coronavírus entra em funcionamento

Já está funcionando mais um importante equipamento de saúde, o Centro Intermediário de Enfrentamento ao Coronavírus, que funciona no antigo Hospital da Mulher, localizado no bairro Parque Verde I. A entrega foi realizada neste domingo (31/5), pelo prefeito Elinaldo Araújo, com a presença da equipe da unidade que já começou a receber pacientes.
 
O empenho da Prefeitura de Camaçari em ampliar o atendimento à população foi destacado pelo prefeito Elinaldo. “Estamos contratando mais dez leitos de UTI da rede privada e nos esforçando nesse momento que 90% dos nossos leitos de urgência e emergência estão ocupados. Essa é mais uma unidade para melhorar a estrutura de combate ao coronavírus e para cuidar do povo de Camaçari”.

O Centro Intermediário conta com 20 leitos de enfermaria divididos por alas feminina e masculina e um leito de estabilização de paciente crítico que inclui um respirador para, caso o paciente agrave, tenha todo suporte, além de outros ambientes estruturados que possibilitam a ampliação da capacidade em até 100%, se for necessário. O acesso a unidade é via regulação municipal de leitos, que funciona 24h.

A importância do equipamento foi destacada pelo secretário da Saúde, Luiz Duplat, ao explicar sobre o público que será tratado na unidade, “é para atender aqueles pacientes que não tem sintomas leves para ficar em casa, mas também não tem sintomas agravados que necessitem de UTI. Temos um total de 21 leitos para acolher esses pacientes aqui”

A diretora da Média e Alta Complexidade e Atenção Hospitalar da Secretaria de Saúde, Elaine Teixeira, falou sobre o diferencial deste Centro, “o que chama atenção dessa unidade é a preocupação em relação a proteção dos profissionais que vão trabalhar aqui. A gente deixou na saída da área crítica (onde ficam os leitos) uma zona de descontaminação, que o profissional estará todo paramentado, com proteção individual, com capa e máscara facial. Ele passa, recebe um saneante por um minuto e nesse momento a carga viral dos equipamentos diminui, já tem muitos estudos que dizem que é no momento de tirar o aparato que podem se contaminar”. 

Estavam presentes a diretora de Controle e Regulação do SUS, Elba Brito, e o vereador e ex-secretário da Saúde, Elias Natan.