Cerca 200 toneladas de produtos da agricultura familiar foram adquiridos pela prefeitura

Cerca 200 toneladas de produtos da agricultura familiar foram adquiridos pela prefeitura

Desde agosto de 2019, quando o município foi reinserido no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do Governo Federal, a Prefeitura de Camaçari já realizou a compra de quase 200 toneladas – exatos 196.286,06 kg – de produtos oriundos da agricultura familiar. Dos R$800.000 liberados pela União, um total de R$ 759.037,27 já foi investido e a expectativa é que o saldo restante seja totalmente destinado à compra de itens típicos do período junino, agendada para o dia 8 de junho.

De acordo com a Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pesca (Sedap), pasta através da qual o programa é executado no município, desde a retomada das compras pelo PAA, no ano passado, após interrupção em 2017, a comercialização ocorre semanalmente e beneficia diretamente cerca de 250 agricultores locais. Com o início da pandemia pelo novo coronavírus, a ação foi intensificada, em caráter emergencial, e, desde o dia 31 de março, já foram comprados 71.418,32 kg de alimentos, para os quais foi empregado o valor de R$ 280.386,66.

A mercadoria adquirida, que inclui cereais, frutas, legumes, hortaliças, entre outros itens, beneficia cerca de 40 instituições socioassistenciais, sendo que 28 delas são atendidas diretamente pela Sedap e as demais por meio do Banco de Alimentos, vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes). “A finalidade do PAA é contribuir para o enfrentamento da fome e da pobreza, além de possibilitar o escoamento da produção, fortalecendo a atividade agrícola”, explica o secretário Denilson Queiroz, acrescentando que o município dispõe de um programa semelhante, o Mais Agricultura.

Em tempo, o gestor da Sedap reforça que, esgotada a verba federal do PAA, a Prefeitura de Camaçari vai garantir a continuidade da rotina de compras da produção agrícola local, nos meses subsequentes, com recursos próprios, através do Programa Mais Agricultura, assegurando que os produtores rurais do município continuem abastecendo o Banco de Alimentos e desfrutando da garantia de escoamento dos produtos através do poder público.