Bolsa Social é importante benefício para famílias de Camaçari

Bolsa Social é importante benefício para famílias de Camaçari

As famílias de Camaçari contam com um importante benefício após a criação do Programa Bolsa Social pela atual gestão municipal, realizada em julho de 2019. Através da iniciativa, são investidos quase R$ 300 mil por mês em benefícios no valor de R$100 ou R$150, para ser utilizado em supermercados e farmácias do município.

Este é um programa próprio de transferência e complementação de renda direta aos cidadãos e famílias para atender, prioritariamente, as demandas sociais da população carente que não é beneficiada pelo Programa Federal Bolsa Família ou outro benefício.

Atualmente, aproximadamente 2 mil famílias recebem o benefício. Para ter direito, é preciso que o cidadão seja residente e domiciliado na cidade há, no mínimo, três anos comprovados, e esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), além de seguir os critérios socioeconômicos.

A ação é coordenada pela Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes) e tem dentre os objetivos, o de amparar as famílias em situação de vulnerabilidade social, por meio da proteção social, que visa à garantia da vida, a redução de danos e a prevenção de incidência de riscos. Além de complementar a renda, e possibilitar a inserção dos beneficiários no mercado de trabalho, já que os cidadãos são contemplados com cursos de capacitação profissional, os quais já participaram cerca de 1.300 pessoas.

O valor do benefício será para famílias com renda per capita mensal menor que 1/6 (um sexto) do salário mínimo vigente, a provisão monetária mensal será de R$150; já as famílias com renda per capita familiar mensal de 1/6 (um sexto) até 1/4 (um quarto) do salário mínimo vigente, o valor será de R$100.

A permanência no programa está condicionada à matrícula regular dos dependentes em idade escolar em unidades de ensino público municipal, estadual ou federal, ou em rede particular com bolsa integral ou parcial que não ultrapasse R$ 100 de mensalidade. A frequência mínima escolar exigida é de 85%.

BOLSA FAMÍLIA

Em Camaçari, o número de pessoas beneficiadas com o Bolsa Família equivale a aproximadamente 24% da população total do município, abrangendo 26.464 famílias que, sem o programa, estariam em condição de extrema pobreza. A cobertura da iniciativa foi de 122% em relação à estimativa de famílias pobres no município, que é calculada com base nos dados mais atuais do Censo Demográfico, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O foco da gestão municipal é na manutenção da atualização cadastral dos beneficiários, para evitar que famílias que ainda precisam do benefício tenham o pagamento interrompido. A qualidade dos dados cadastrais aumenta a possibilidade de que todas as famílias pobres ou em extrema pobreza do município sejam contempladas pelo programa.

No mês de maio deste ano, foram transferidos mais de R$ 4,4 milhões às famílias do Programa no seu município, e o benefício médio repassado foi de R$ 161,10, por família. O valor e os tipos de benefícios recebidos pelas famílias variam de acordo com o perfil de renda, tamanho e composição familiar (se há crianças, adolescentes, gestantes ou nutrizes na família, por exemplo).