Prefeitura recebe representantes de segmentos esportivos de Camaçari

Prefeitura recebe representantes de segmentos esportivos de Camaçari

A Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude (Sejuv), recebeu, nesta segunda-feira (27/7), um grupo de representantes de diversos segmentos esportivos do município. Na pauta, a previsão de retorno das atividades do setor diante do protocolo de retomada da economia, iniciado nesta manhã pelo governo.

A conversa aconteceu em dois momentos. O primeiro deles, no gabinete da Sejuv, no Estádio Municipal Fernando Lopes, pela manhã, e contou com a presença de representantes de academias, de escolinhas de futebol, de torneios comunitários de futebol, do Baba dos Veteranos, entre outras agremiações esportivas de modalidades coletivas e individuais. O segundo ocorreu pela tarde, na sala de reuniões da Secretaria de Governo (Segov), quando a classe foi ouvida pelo secretário da pasta, José Gama.

De acordo com o Decreto de nº 7.377/2020, de 25 de julho de 2020, a retomada das atividades esportivas faz parte da Fase II do Plano Estratégico de Reabertura Parcial das Atividades Econômicas, ou seja, não integra a lista de segmentos cujo funcionamento foi liberado a partir desta segunda-feira.

O secretário da Saúde, Luiz Duplat, participou por videoconferência e prestou importantes esclarecimentos. “Inicialmente, o plano previa a retomada das atividades esportivas também para esta segunda-feira, mas sabemos que o protocolo está sendo definido de forma unificada com outros prefeitos da Região Metropolitana de Salvador. Este foi um dos ajustes feitos no último encontro [quinta-feira, 23], como também houve alteração no horário de funcionamento dos restaurantes e da feira”, explicou.

Duplat também falou sobre a previsão de início da retomada das atividades esportivas. “É preciso considerar que há critérios que condicionam a implementação da Fase II. Enquanto que para a Fase I foi exigido 25% de disponibilidade de leitos de UTI, para a Fase II o percentual estipulado é de 30%. Esse e outros critérios precisam de um período para serem avaliados, um mínimo de 14 dias. Sendo assim, daqui a 15 dias existe a possibilidade de retomada das atividades esportivas, a depender do panorama geral”, informou.

A secretária Dilma Mendes agradeceu a explanação feita por Duplat e reforçou que a Sejuv está à disposição para ouvir a comunidade esportiva. “Compreendo que está sendo difícil, mas reforço a necessidade de que tenhamos consciência. É hora de cumprir as determinações à risca, para que possamos voltar à normalidade o quanto antes e não retroceder”, pediu, acrescentando que algumas modalidades ainda não entregaram o protocolo solicitado, sem o qual as atividades não podem ser liberadas.

Os representantes avaliaram os encontros como esclarecedores. Entre os presentes estava o líder comunitário e presidente da Escolinha de Futebol da Santa Maria, Tunival Sena. “Era isso que a gente queria, entender essa situação. Compreendemos que existe prazo mínimo para que a situação seja avaliada e fatores que devem ser levados em consideração. Diante disso, nos comprometemos a elaborar o protocolo com o detalhamento de todos os procedimentos que iremos adotar pra garantir que essa retomada aconteça de forma segura e no momento certo”, afirmou.

FONTE: ASCOM CAMAÇARI