3º encontro de secretários da RMS dialoga sobre retorno das aulas

3º encontro de secretários da RMS dialoga sobre retorno das aulas

Nesta quarta-feira (12/8), os secretários municipais da Educação e educadores de oito cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS) se reuniram a fim de dar continuidade à construção do protocolo unificado para o retorno das aulas presenciais no âmbito público e particular. Os gestores que vêm trocando experiências de maneira recorrente, desta vez dialogaram no auditório da Secretaria da Educação do Estado (SEC), localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

Ao longo do encontro, foram apresentadas questões relacionadas ao calendário escolar, planejamento pedagógico, protocolos, rotinas de atividades e infraestrutura das unidades escolares para receber os estudantes. Na oportunidade, ficou acordado que os municípios se comprometeram a preencher e aperfeiçoar o formulário diagnóstico sobre a situação da educação de cada cidade; que não há uma data para o retorno das aulas presenciais e todos os municípios continuarão com os preparativos para voltar às atividades.

Além de dar continuidade a construção de uma agenda para os anos de 2020/21, ficou estabelecido que será feito um convite para a presidência da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), fazer parte da construção do protocolo. Os gestores presentes representaram as seguintes cidades: Camaçari, Lauro de Freitas, São Sebastião do Passé, Pojuca, Madre de Deus, São Francisco do Conde, Dias d’Ávila e Candeias.

Presente em todos os diálogos, a titular da Educação (Seduc) de Camaçari, Neurilene Martins, fez questão de interagir. A gestora aproveitou para fazer uma avaliação das questões que foram colocadas em pauta. “O encontro foi extremamente importante por instituir fluxos para o fortalecimento de uma discussão territorial sobre os cenários educacionais em tempos de pandemia e pós pandemia. Esse regime de colaboração com o Estado é estratégico para qualificar as decisões municipais e claramente repercutir no planejamento e implementação de políticas públicas reparadoras na educação. A gestão de contextos complexos como este, exige reflexão e partilha”, concluiu.

A mediação da reunião ficou a cargo do subsecretário da Educação do Estado, Danilo de Melo Souza. Durante a sua fala, reforçou acerca da importância de todos os educadores e educadoras seguirem pensando na construção do protocolo coletivo. “A nossa expectativa é que possamos construir uma estratégia entendendo todas as dificuldades dos municípios, que contemple o suporte pedagógico às nossas crianças”, pontuou o gestor.

Na oportunidade, a superintendente da Educação Básica do Estado, Manuelita Brito, também participou fazendo explanações relacionadas à temática. Ainda no mesmo contexto, no processo de planejamento, a reunião ainda contou com a interação do secretário da Educação de Salvador, Bruno Barral, que se colocou à disposição dos demais secretários para contribuir na elaboração do plano.

A próxima reunião do colegiado no formato presencial está prevista para acontecer no dia 19 de agosto, às 15h, no auditório da Secretaria da Educação do Estado (SEC), em Salvador.

FONTE: ASCOM CAMAÇARI