‘Não vou interferir no mercado’, assegura Bolsonaro

‘Não vou interferir no mercado’, assegura Bolsonaro

Depois da alta no preço do arroz, o presidente Jair Bolsonaro garantiu que não vai tabelar o produto. “Tem de valer a lei da oferta e da procura”, afirmou em live transmitida nas redes sociais, na quinta-feira 10. “Conversei com os ministros Paulo Guedes e Tereza Cristina, sobre o que podemos fazer com a alta do preço, mas ninguém quer tabelar nada”, garantiu Bolsonaro, ao justificar que o aumento do valor do alimento se deu em razão do coronavoucher e da alta do dólar.

Contudo, reiterou que está tomando providências acerca do caso. E relembrou a decisão do governo de reduzir a zero a taxa de importação do arroz. Dessa forma, a redução temporária está restrita à quota de 400 mil toneladas. Entre outros pontos, o presidente mencionou que teve “conversas saudáveis” com representantes de supermercados. Os empresários se comprometeram a baixar a margem de lucro dos produtos. Nos últimos dias, o presidente vinha fazendo esse apelo ao setor.

FONTE: REVISTA OESTE