PT receberá mais de R$ 200 milhões do Fundo Eleitoral

PT receberá mais de R$ 200 milhões do Fundo Eleitoral

O PT volta a superar os demais partidos políticos do Brasil. Mas não nas urnas. Nesta semana, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou a repartição do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) para o pleito deste ano. O Partido dos Trabalhadores será o único a ter direito a mais de R$ 200 milhões.

Conforme a lista divulgada pelo TSE, o PT receberá R$ 201,2 milhões do privilégio conhecido por Fundo Eleitoral. No ranking, direita e esquerda não estão distantes. Isso porque o PSL, legenda pela qual o presidente Jair Bolsonaro se elegeu em 2018, aparece na segunda posição, com direito a embolsar R$ 199,4 milhões durante o processo eleitoral deste ano.

Além de PT e PSL, mais 19 siglas já têm direito ao Fundo Eleitoral. A lista pode, inclusive, ampliar. É que o TSE informa que os pedidos feitos por PP e DEM estão em análise. No total, o valor de R$ 1,39 bilhão será destinado aos partidos.

Financiado pelos militantes

A divisão do Fundo Eleitoral ocorre na semana em que lideranças do PT, como Lula e Dilma Rousseff, lançaram movimento para que a militância ajudasse a bancar o caixa do partido. Conforme registrado por Oeste, o Partido dos Trabalhadores já tinha ciência do montante a receber do Fundo Eleitoral, mas afirmou que o valor não era suficiente.

FONTE: REVISTA OESTE