Operação investiga sonegação fiscal no setor farmacêutico

Operação investiga sonegação fiscal no setor farmacêutico

O Ministério Público de São Paulo, em parceria com a Secretaria estadual da Fazenda, iniciaram nesta quinta-feira, 1°, uma operação contra suposto esquema de sonegação fiscal e lavagem de dinheiro envolvendo cinco grandes distribuidoras de medicamentos. Estima-se que as fraudes tenham causado prejuízo de R$ 10 bilhões aos cofres públicos nos últimos seis anos. Além disso, duas redes varejistas (com mais de 300 lojas) e a Associação Nacional de Distribuidores de Remédios são alvos da operação. Estão sendo cumpridos 88 mandados de busca e apreensão em empresas e na residência de pessoas ligadas aos esquemas em 10 cidades, localizadas na capital paulista e Grande São Paulo e também nas regiões de Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Marília, Piracicaba e Campinas. Minas Gerais e Goiás estão na mira dos agentes. A Justiça determinou o sequestro de 17 imóveis.

FONTE: REVISTA OESTE