Camaçari fecha 2020 com superávit de R$ 61 Milhões

Camaçari fecha 2020 com superávit de R$ 61 Milhões

Por meio de um esforço constante da gestão municipal para minimizar os impactos gerados pela pandemia, a Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz), informa que fechou o ano de 2020 com superávit (quando o município arrecada mais do que gasta) de cerca de R$ 61 milhões. Apesar do cenário difícil de combate e enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, o município mostra seu comprometimento com o dinheiro público ao apresentar o ponto positivo na economia da cidade.

Os dados foram apresentados pelo secretário da Fazenda, Joaquim Bahia, durante a Audiência Pública para prestação de contas do 3º quadrimestre de 2020 da Sefaz, realizada nesta sexta-feira (26/2). Para o gestor da pasta, houve queda na arrecadação prevista para o ano, por conta da pandemia causada pela Covid-19. Segundo dados apresentados, a arrecadação foi de, aproximadamente, R$ 1,5 bilhão, o que representa 91,86% do que estava previsto para o período. “Esperávamos arrecadar cerca de R$ 1,718 bilhão, mas essa previsão foi afetada pela pandemia, como vimos acontecer no mundo todo”, citou.

As despesas do ano de 2020 também apresentaram queda, ficando em torno de R$ 1,517 bilhão. A previsão era de despesas em torno de R$ 1,882 bilhão. “Quando nos deparamos com a pandemia, fizemos um esforço constante para reduzir os gastos, conduzimos as finanças com a extrema prudência que o momento exige. Isso resultou em um equilíbrio financeiro, indicado pelo superávit de R$ 61 milhões, aproximadamente”, informou o secretário.

Contudo, o secretário mostrou que houve aumento na arrecadação do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e do Imposto sobre a Transmissão de Intervivos (ITIV), que são impostos relacionados à manutenção e transação de imóveis. “Prevíamos arrecadar R$ 129 milhões de IPTU e arrecadamos R$ 133 milhões. E prevíamos arrecadar R$ 25 milhões de ITIV e arrecadamos, de fato, R$ 37 milhões. Isso mostra que houve aumento considerável nas transações de compra e venda de imóveis no nosso município, que foi um dado positivo para nossas finanças”, acrescentou.

Realizada virtualmente, como parte das ações de combate à pandemia, a atividade foi conduzida pelo presidente da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara, vereador Flávio Matos, e contou com a participação dos demais parlamentares da Casa Legislativa. 

FONTE: ASCOM CAMAÇARI