Pista Municipal de Motocross protagoniza a 1ª Etapa da Copa Bahia

Pista Municipal de Motocross protagoniza a 1ª Etapa da Copa Bahia

Camaçari se tornou a capital da motovelocidade neste fim de semana. É que a adrenalina tomou conta da Pista Municipal de Motocross, localizada em frente do Estádio Fernando Ferreira Lopes, no bairro Verdes Horizontes. Com direito a performances arrojadas, manobras radicais, mostras audaciosas de aceleração, equilíbrio e saltos impressionantes, o município sediou a 1ª Etapa da Copa Bahia de Motocross.

Foram dois dias de atividades intensas, onde as motocicletas de estilo off-road roncaram alto na trilha de terra. Neste domingo (8/3), aconteceu a prova da etapa, que atraiu 150 atletas de diversas cidades baianas, além de participantes de outros estados, como Alagoas, Pernambuco e Sergipe. Deste, mais de 30 foram de Camaçari. No sábado (7/3), aconteceram os treinos oficiais, seguido da cerimônia de premiação dos campeões da Copa Bahia do ano passado.

A prova contou com percurso de mil metros, com obstáculos intercalados.  A etapa foi dividida em 13 categorias, como: Nacional 230, Nacional Open, Nacional Pró, MX 1 ao 4, Nacional Amador, Nacional Trilheiros, Mirim A e B e MX Máster e Sem Noção. Os vencedores foram premiados com troféus e valores em dinheiro.

Representando o prefeito Elinaldo Araújo, o secretário de Governo (Segov), José Gama Neves falou que o fato de Camaçari possuir uma pista oficial de motocross projeta ainda mais a cidade. “Ter um equipamento desse porte, construído e mantido com recursos próprios, que atrai disputas desse nível, mostra que Camaçari está preparada para sediar outros eventos e receber atletas de todos os lugares”, destacou.

A Pista Municipal de Motocross foi inaugurada em novembro de 2018 e desde lá, já recebeu grandes competições. Para o secretário de Esporte, Lazer e Juventude (Sejuv), Sessé Abreu, o evento movimenta não só a cadeia esportiva, mas também aquece a economia local, no que tange ao mercado formal e informal, movimenta o turismo, motiva a socialização entre as pessoas e promove o entretenimento na cidade.

O presidente da Federação Baiana de Esportes e Lazer (Febel), que realiza e supervisiona a prova, Marcos Alves dos Santos, mais conhecido como Marquinho, falou da honra em poder trazer a 1ª etapa do campeonato para Camaçari. “Essa é uma competição acirrada e bastante concorrida, o que me deixa orgulhoso em saber que minha cidade e seus atletas estão aptos a participarem”.

O público, amante da velocidade sobre duas rodas, vibrava com as audaciosas mostras de velocidade e saltos, com performances ao extremo, que testavam a habilidade dos pilotos e a resistência e estabilidade de suas motocicletas. Para melhor recebê-los, a prefeitura disponibilizou arquibancadas cobertas, além de banheiros químicos distribuídos na área do evento.

O atleta camaçariense Agnaldo Santos, conhecido como Guiga, 43 anos, um dos favoritos nas categorias Nacional Open, Nacional Pró e Nacional 230, estava feliz em competir em casa. “É gratificante poder iniciar o campeonato na nossa cidade e com toda essa estrutura. Essas coisas estimulam ainda mais a gente a chegar ao pódium”, ressaltou.

A abertura oficial da Copa Bahia de Motocross aconteceu com o hasteamento das bandeiras do Brasil, da Bahia e de Camaçari e contou com a presença de autoridades municipais dos poderes Executivo e Legislativo.