Comissão Executiva do PDDU realiza primeiro encontro de 2020

Comissão Executiva do PDDU realiza primeiro encontro de 2020

A Comissão Executiva do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) se reuniu pela primeira vez em 2020, para fazer alinhamentos, informes e nivelamento, além de atualização das informações. Este foi o 7º encontro oficial e ocorreu na tarde da última segunda-feira (9/3), na sala da assessoria especial do plano.

Na reunião foi feito um panorama da necessidade da atualização de cronograma dos trabalhos, porque ainda está para fechar a fase do diagnóstico técnico, institucional e comunitário. Dentro da atualização do cronograma, o grupo está reorganizando para publicar, e espera divulgar em breve. A expectativa é que em maio seja concluída a análise.

Ainda foi pontuado sobre o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana de Salvador (PDUI-RMS), promovido pelo Governo do Estado da Bahia, que por existir relação institucional, as informações técnicas produzidas serão compartilhadas e absorvidas para o PDDU de Camaçari. Além da utilização de informações dos planos de Saneamento e de Mobilidade Urbana do município.

O destaque do encontro foi o Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comam) que tomou assento na Comissão Executiva do PDDU, porque os membros do órgão estavam esperando tomar posse, e será representado por Maria José Rosas.

A presidente da Comissão Executiva do PDDU de Camaçari, Juliana Paes, ponderou ainda que o grupo, o qual gesta, é composto em maioria por servidores efetivos, e é muito qualificado, formado por técnicos com mestrado e doutorado, que se comprometeram em elaborar artigos e notas técnicas. Neles, serão abordadas questões que envolvem o desenvolvimento urbano, “é um diagnóstico, e a leitura técnica não há ninguém melhor para dar do que quem vive no município, que conhece a realidade”, falou Juliana.

“Temos pessoas aqui como Agda Costa, que coordenou o licenciamento por muito tempo, é arquiteta e conhece do que funcionou ou não na lei, onde estão as questões que a gente precisa apresentar nesse momento para adiante superar, que é o modelo de cidade do futuro que a gente quer. Tem André Luiz que está tocando essa questão dos estudos de mobilidade urbana, junto com a Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STT), o Fábio Moura da Secretaria do Desenvolvimento Urbano (Sedur), que vem ao longo desse tempo levantando dados e informações que contribui com essa visão toda de como Camaçari está hoje e com a leitura das leis”, disse a presidente da comissão.

A responsável pelo grupo designado para revisão do PDDU, Juliana Paes, pontuou ainda outros nomes de profissionais que compõem a comissão e o vão tratar em seus artigos e notas técnicas, “Lucas Nascimento, falará sobre zoneamento costeiro, que aborda sobre a forma de ocupação histórica do litoral de Camaçari, trazendo exemplos de erros e acertos; João Mutin, vai fazer um levantamento da cartografia, da defasagem dos dados cartográficos, todos esses diagnósticos; e Suelen Travassos, que é diretora de urbanismo e está por dentro das principais demandas por empreendimentos, irá discorrer sobre áreas que estão sofrendo maior pressão”, finalizou.

A solicitação de produzir um material foi estendida para o COMAM e o Conselho Municipal da Cidade (ConCidade), enquanto órgãos colegiados dentro da estrutura administrativa. Para apresentarem também a visão de alguns segmentos, de determinadas áreas, para que seja trabalhado o enfrentamento dessas questões.

Na oportunidade, foi dado um informe de que haverá uma reunião na sexta-feira (13/3), às 15h, no Restaurante Alecrim, em Itacimirim, com o Conselho Comunitário de Itacimirim e Barra do Pojuca e o novo gestor da Área de Preservação Ambiental (APA). A partir de agora, a Comissão Executiva promoverá ainda uma série de reuniões e encontros institucionais para trabalhar o diagnóstico técnico e institucional.