Indústria de bebidas ganhou bilhões com consumo ilegal de álcool por menores nos EUA, diz estudo

Indústria de bebidas ganhou bilhões com consumo ilegal de álcool por menores nos EUA, diz estudo


Percentual do valor arrecadado com a venda de bebidas a menores caiu de 2011 a 2016. Ainda assim, pesquisadores consideram que autoridades devem formar políticas para que as fabricantes revertam o lucro com esse comércio irregular para a prevenção do uso do álcool por crianças e adolescentes. Pessoas brindando copos com cerveja
Giovanna Gomes / Unsplash / Divulgação
Fabricantes de bebidas alcoólicas ganharam US$ 17 bilhões com o consumo de álcool por menores de idade nos Estados Unidos em 2016, mostrou um estudo publicado na quinta-feira (9) por quatro pesquisadores na revista científica “Journal of Studies on Alcohol and Drugs”.
Esse valor representa cerca de 7,4% dos mais de US$ 237 bilhões arrecadados pela indústria das bebidas naquele ano. É um percentual significante, mas já foi maior: em 2011, o montante ganho pelas fabricantes com venda ilegal de bebidas para menores chegava a 10% (US$ 20,9 bilhões) do total.
Leia também:
Consumo de cerveja ‘migra’ para dentro de casa com a pandemia
Em 7 anos, brasileiro passou a beber mais e a fumar menos
Pesquisa indica mais consumo de álcool como efeito do isolamento
VÍDEO: veja como saber se você é dependente do álcool
Alcoolismo: como saber se você é dependente do álcool?
O estudo também mostrou que o consumo de álcool por jovens chegou a 8,6% de toda a bebida colocada à venda em 2016 — menos do que os 11,73% registrados em 2011.
Os autores criticam, no artigo, a contradição entre as campanhas contra o uso de álcool por menores de idades e o fato de as fabricantes lucrarem com esse público.
“Isso mostra uma oportunidade para criar e fazer cumprir políticas para que as empresas usem esses lucros da indústria para ajudar a atingir uma meta de prevenção do consumo de álcool por jovens”, dizem os autores.
Vale lembrar que, nos Estados Unidos, a idade mínima para a compra de bebidas alcoólicas de acordo com a lei é 21 anos — diferentemente do Brasil, onde essa idade mínima é de 18 anos. Em parte da Europa, autoriza-se o consumo de alguns tipos de bebidas, com menor teor alcoólico, a partir dos 16.
Veja no VÍDEO abaixo: misturar álcool com energético pode acelerar batimentos cardíacos
Combinar bebida alcoólica com energético pode acelerar os batimentos e aumentar a pressão
Venda de álcool a menores é crime no Brasil
O Estatuto da Criança e do Adolescente proíbe a venda ou fornecimento de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos, e prevê prisão e multa aos infratores. Veja abaixo o que diz a lei:
Art. 243. Vender, fornecer, servir, ministrar ou entregar, ainda que gratuitamente, de qualquer forma, a criança ou a adolescente, bebida alcoólica ou, sem justa causa, outros produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica:
Pena – detenção de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa, se o fato não constitui crime mais grave.
VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias

administrator

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *