‘Mais descansado’, diz estudante que dormiu em república após viajar 400 km para não perder o Enem em Franca, SP

‘Mais descansado’, diz estudante que dormiu em república após viajar 400 km para não perder o Enem em Franca, SP


Lucas Ortiz Alves é de São Paulo e se confundiu ao fazer a inscrição para o exame. Após o primeiro dia de provas, ele foi acolhido por uma república da cidade antes de voltar para a capital. Estudante faz nova viagem de 400 km e realiza segunda etapa do Enem em Franca, SP
O estudante Lucas Ortiz Alves, de 20 anos, que viajou 400 quilômetros entre São Paulo (SP) e Franca (SP) para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), disse que estava mais descansado para a prova deste domingo (28). Isso porque ele chegou ao interior paulista por volta das 23h de sábado (27) e dormiu na república que o acolheu na semana passada.
“Fiz a prova mais descansado, consegui descansar bem. Cheguei ontem de viagem e descansei na república dos meninos da Unesp. Apesar da viagem longa, consegui descansar mais”, disse.
Lucas Ortiz Alves voltou a Franca, SP, para o segundo dia do Enem neste domingo (28)
Júlia Paiva/g1
LEIA TAMBÉM:
AO VIVO: Veja correção extraoficial das questões de ciências da natureza e matemática
1ª VEZ NO ENEM: Estudante de psicologia quer recomeçar curso após dificuldades com aulas on-line
COMPANHIA: Treineiro volta com a família para o 2º dia: ‘Ficam comigo até eu entrar’
TEMOR: Ainda sem saber o que cursar, candidata teme prova de exatas no Enem em Franca
DE FORA: Candidata leva cópia do RG e fica sem fazer a 2ª prova em Ribeirão Preto, SP
FOTOS: Veja movimentação no segundo dia de prova em Ribeirão Preto
FOTOS: Veja movimentação no segundo dia de prova em Franca
No primeiro dia de provas, Ortiz saiu da capital por volta da meia-noite de domingo (21) e chegou em Franca às 6h40. Todo o impasse ocorreu porque o rapaz colocou o endereço errado e o município errado na hora da inscrição.
Como nunca esteve em Franca, ele desceu no terminal rodoviária e caminhou até o endereço do local da prova por cerca de uma hora.
“Agora vou prestar mais atenção quando eu for me cadastrar no Enem. Não errar a cidade”, brincou ao deixar o local de prova por volta das 17h30.
Depois do exame, Ortiz vai voltar à república para comer e dormir. Ele retorna para São Paulo na manhã de segunda-feira (29).
O estudante Lucas Ortiz Alves, ao centro de boné, foi acolhido por outros estudantes em uma república de Franca, SP
Arquivo pessoal/Divulgação
Confiante
Esta é a segunda vez do jovem no Enem. Ele quer cursar direito disse que se preparou bem para as provas durante o isolamento da pandemia.
Embora estivesse menos cansado neste domingo, pelas questões serem de exatas, considerou a prova mais difícil, principalmente as disciplinas de química e física.
Mesmo assim, acredita que será possível conquistar a vaga na universidade.
“Achei mais difícil, mas nada do que não dava para fazer. Acho que consegui uma nota boa”, disse.
Além de ter viajado a madrugada toda, no primeiro dia de Enem, Lucas Ortiz Alves caminhou por mais de uma hora da rodoviária de Franca, SP, até o local de prova
Ana Laura Siqueira/g1
Veja mais notícias da região no g1 Ribeirão Preto e Franca
VÍDEOS: Tudo sobre a região de Franca

administrator

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *