Segue o BAba | A caótica era Paulo Carneiro em três atos: volta entre “gurus” prometia paz no Vitória

Segue o BAba | A caótica era Paulo Carneiro em três atos: volta entre “gurus” prometia paz no Vitória

O Segue o BAba estreia nesta segunda-feira uma série de três episódios que contam a turbulenta era Paulo Carneiro no Vitória. No último sábado, o presidente, já afastado desde 2021 após denúncias de gestão temerária, foi destituído em definitivo do cargo e ficou inelegível por sete anos.
Primeiro episódio (ouça acima) narra contexto da eleição de Paulo Carneiro em 2019. Após 14 anos, gestor retornou a um clube recém-rebaixado para a Série B e em grave crise administrativa e financeira. Na campanha, ele prometeu volta às origens de sucesso da década de 90 e reestruturação.

Na primeira passagem pelo Vitória na década de 90, Paulo Carneiro empilhou títulos e marcas expressivas: vice-campeão brasileiro em 1993, semifinalista do campeonato de 1999, tricampeão do Campeonato Baiano pela primeira vez na história (1995, 1996 e 1997), além do bi da Copa do Nordeste (1997 e 1999). Por outro lado, ele renunciou em 2005 após o primeiro rebaixamento para a Série C.
Para comandar o Vitória, Paulo Carneiro apostava em uma aliança com lideranças históricas do clube: os ex-presidentes Alexi Portela e Adhemar Lemos, além do ex-vice-presidente Manoel Matos. Fábio Mota, atual presidente rubro-negro, integrava a mesma chapa para o Conselho Deliberativo.
– A diferença é que vamos dirigir o clube de forma colegiada. Vou ter alguns gurus do meu lado, experientes, empresários de sucesso – disse enquanto era candidato.

administrator

Related Articles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *