União Europeia deve liberar entrada de viajantes do Japão

União Europeia deve liberar entrada de viajantes do Japão


Atualmente, apenas pessoas com origem em sete países podem entrar na União Europeia por motivos não-essenciais. Imagem de 2016 mostra turistas tirando fotos perto do museu do Louvre, em Paris, na França
Philippe Wojazer/Reuters
A União Europeia deve permitir que todos os viajantes do Japão, e não apenas os que viajam por motivo essencial, entrem nos países do bloco.
Na quarta-feira (2), os 27 embaixadores dos países que compõem o bloco vão votar para decidir se aprovam a entrada dos viajantes com origem no Japão.
União Europeia chega a acordo para reabrir fronteiras a viajantes vacinados contra Covid
União Europeia pode liberar entrada de quem recebeu vacinas autorizadas pelo bloco ou de países onde a situação epidemiológica é boa
Países da União Europeia começam a se preparar para receber estrangeiros nos próximos meses
Os viajantes do Reino Unido ainda não poderão entrar —há receio com a variante do coronavírus que foi inicialmente detectada na Índia, e que foi encontrada no Reino Unido posteriormente.
Atualmente, a União Europeia está aberta a viajantes de sete países que não compõem o bloco (entre eles estão Israel, Austrália e Singapura), independentemente do motivo pelo qual a pessoa viaja.
Essa é a regra geral para o bloco, mas cada país pode estabelecer suas regras, como exigir um período de quarentena ou testes de Covid-19 dos viajantes.
No mês passado, a União Europeia permitiu um relaxamento das regras —passou a aceitar países com um índice de casos por habitantes de 25 por 100 mil (antes, o número era de 75).
Veja os vídeos mais assistidos do G1

administrator

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *