Volta às aulas: escolas estaduais de SP não exigirão vacina contra a Covid

Volta às aulas: escolas estaduais de SP não exigirão vacina contra a Covid


Secretário estadual da Educação, Rossieli Soares, disse que a vacinação será estimulada, mas não poderá ser cobrada porque ‘nesse primeiro momento, nem haverá vacina para todos’. Estudantes em uma escola estadual em Ribeirão Preto, SP, em 2021
Chico Escolano/EPTV
O secretário estadual da Educação de São Paulo, Rossieli Soares, disse nesta quinta-feira (13) que a vacina contra a Covid-19 não será exigida dos estudantes da rede estadual de ensino para a volta às aulas presenciais.
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
O anúncio foi feito durante o lançamento do material o material de apoio para professores do Ensino Médio de São Paulo na sede da Escola de Formação para Profissionais da Educação (EFAPE), em Perdizes, Zona Oeste da capital.
“A vacina não é obrigatória para a entrada das crianças nas escolas. Vamos conversar com os pais porque queremos estimular a vacinação, claro. Mas, nesse primeiro momento, nem haverá vacina para todos, então não podemos exigir”, afirmou.
Secretário estadual da Educação de SP, Rossieli Soares, anuncia que a vacinação contra a Covid não será exigida na volta às aulas
Bárbara Muniz Vieira
O primeiro lote de vacina da Pfizer contra a Covid-19 para crianças chegou ao Brasil na madrugada desta quinta e ainda será distribuído aos estados.
LEIA TAMBÉM:
Novo ensino médio: saiba quais mudanças passam a valer
Entenda o que é o ‘Projeto de Vida’, item obrigatório
As aulas para cerca de 3,5 milhões de alunos ocorrerão entre 2 de fevereiro e 23 de dezembro, nas 5400 escolas mantidas pelo Governo de SP nos 645 municípios do estado.
Esta reportagem está em atualização.

administrator

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *